Atividades

a criminalização da atribuição de (co)responsabilidades pelo Holocausto à sociedade civil e as implicações geradas pela onda revisionista contemporânea

Perspectivas
Revisionismo Histórico, Holocausto e Psicanálise

Voltar para o início Revisionismo Histórico, Holocausto e Psicanálise

Programa

No diálogo entre Psicanálise e História, este ciclo de debates, com curadoria de Leonardo Tkacz, discutirá as implicações geradas pela onda revisionista contemporânea, por exemplo, a tentativa de apagar as marcas indeléveis deixadas pelos responsáveis do Holocausto por meio de leis que criminalizam narrativas históricas. Lacan utilizou o termo "forclusão", como sendo um mecanismo de defesa das psicoses. Neste, há um significante (representante) fundamental que é rejeitado do universo simbólico de um sujeito, o que pode levá-lo à produção de delírios, por exemplo, como se a "realidade" tivesse uma única "verdade".

Nesse sentido, caberia uma questão: Quando um movimento revisionista tenta "forcluir" um significante (responsabilidade de parte de uma população pelo genocídio dos judeus) do universo simbólico da cultura, dizendo-se "não tivemos nada a ver com isso", não se abriria uma fresta no imaginário social para a formação de um delírio, o da intolerância? Recomenda-se assistir previamente aos filmes "Aftermath" (2012), de Wladyslaw Pasikowski; "Ida" (2014), de Pawel Pawikowski; e “1945” (2017), de Ferenc Toröc.

12/06 - Memória e Verdade: O que se oculta no revisionismo?
Com Roney Cytrynowicz e Robson de Freitas Pereira.
Mediação Leonardo Beni Tkacz.

14/06 - Memória e Testemunho: O que se pode retornar dos traços apagados de um sujeito?
Com Márcio Seligmann-Silva e Maria Homem.
Mediação Leonardo Beni Tkacz.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

Condições especiais de atendimento, como tradução em libras, devem ser informadas por email ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade.
centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

(Foto: Nieznany)

Palestrantes

Roney Cytrynowicz

Roney Cytrynowicz

Doutor em História pela USP. Foi diretor de acervo do Arquivo Histórico Judaico Brasileiro entre 2000 e 2016. Diretor da Editora Narrativa Um - Projetos e Pesquisas de História.
(Foto: Acervo Pessoal)

Robson de Freitas Pereira

Robson de Freitas Pereira

Psicanalista, membro da Associação Psicanalítica de Porto Alegre- APPOA. Coordena com Enéas de Souza o seminário "O divã e a tela- cinema e psicanálise". Colabora com jornais e revistas impressos e virtuais brasileiros e estrangeiros.
(Foto: Filipe Castilhos)

Leonardo Beni Tkacz

Leonardo Beni Tkacz

Psicanalista, membro da Associação Psicanalítica de Porto Alegre (APPOA), mestrado pelo Instituto de Psicologia da USP. Autor de artigos psicanalíticos em várias revistas especializadas.
(Foto: Acervo Pessoal)

Márcio Seligmann-Silva

Márcio Seligmann-Silva

Doutor pela Universidade Livre de Berlim, pós-doutor por Yale e professor titular de Teoria Literária na UNICAMP. Foi professor visitante em Universidades no Brasil, Argentina, Alemanha e México.
(Foto: Acervo Pessoal)

Maria Homem

Maria Homem

Psicanalista. Possui pós-graduação em Psicanálise e Estética pela Universidade de Paris VIII/Collège International de Philosophie e pela FFLCH/USP. Professora nas áreas de Cinema e Comunicação da FAAP e pesquisadora do Núcleo Diversitas FFLCH/USP.
(Foto: Acervo Pessoal)

Data

12/06/2018 a 14/06/2018

Dias e Horários

Terça e Quinta, 19h30 às 21h30

As inscrições podem ser feitas a partir de 24 de maio às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 15,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 25,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 50,00 - inteira