Atividades

Práticas e pensamentos sobre tradução no encontro da poesia com a Libras e a Língua Portuguesa

Gestão Cultural
Tradução/transcriação da poesia em libras

Voltar para o início Tradução/transcriação da poesia em libras

Programa

Condições especiais de atendimento, como tradução em libras, devem ser informadas por email ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade.
centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600.


Como pensar a tradução do português para Libras e da Libras para português sem colocar um corpo como deficiente e o outro como eficiente? Como as línguas podem produzir um encontro que potencialize os modos de existência e não reforce a ideia de uma tradução servil, que existe apenas para facilitar o acesso do surdo ao mundo do ouvinte?

No Slam do Corpo a poesia tem nos permitido pensar a tradução a partir de um lugar criador que pode e deve ser transposto para outros espaços de trabalho e investigação. Mas a ideia de que existe uma subserviência da tradução ao "texto original", já tão desmontada por diversos tradutores-transcriadores, é ainda presente na relação entre a língua portuguesa e a Libras.

É árduo o processo de desmontar a perspectiva da língua de sinais como língua funcional que existe apenas como ponte do sujeito surdo para o mundo ouvinte. E o que podemos vislumbrar com estas experiências tradutórias criativas, é que elas nos permitem desmontar a voz hegemônica que reduz qualquer experiência de língua que não seja a ocidental e qualquer experiência de corpo que não seja o normativo - voz, esta, que sempre afirmou os surdos e a língua de sinais como "ausência de alguma coisa", principalmente ausência mesma de língua.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

(Foto: Leonardo Rogerio)

Palestrantes

Leonardo Castilho

Leonardo Castilho

Educador do Museu de Arte Moderna de São Paulo. Integrante do coletivo de artistas e educadores Corposinalizante, idealizador e responsável pela equipe Vibração e Sencity.
(Foto: Acervo Pessoal)

Roberta Estrela D'Alva

Roberta Estrela D'Alva

Autora do livro Teatro Hip Hop, atriz-MC e diretora. Mestre em Comunicação e Semiótica/PUC-SP. Idealizadora do Zap! Zona Autônoma da Palavra e do Núcleo Bartolomeu de Depoimentos do qual faz parte com Claudia Schapira, Eugênio Lima e Luaa Gabanini, grupo que desenvolve pesquisa artística do teatro brasileiro. (Foto: Acervo pessoal)

Pedro Cesarino

Pedro Cesarino

Doutor em antropologia social pelo Museu Nacional- UFRJ.
(Foto: Acervo Pessoal)

Claudia Schapira

Claudia Schapira

Diretora, dramaturga e membra fundadora do Núcleo Bartolomeu de Depoimentos.
(Foto: Acervo Pessoal)

Luaa Gabanini

Luaa Gabanini

Atriz, dançarina e performer, membra fundadora do Núcleo Bartolomeu de Depoimentos.

Cibele Lucena

Cibele Lucena

Artista, educadora e pesquisadora. Integrante dos grupos Contrafilé e Corposinalizante.
(Foto: Acervo Pessoal)

Cauê Gouveia

Cauê Gouveia

Artista multimídia com foco em artes cênicas, trabalha principalmente como ator e iluminador. Integrante da Cia Acidental.
(Foto: Acervo Pessoal)

Érika Mota

Érika Mota

Intérprete de Libras com grande experiência no campo da cultura (saraus, peças de teatro, eventos culturais e musicais).
(Foto: Acervo Pessoal)

Lara Gomes

Lara Gomes

Educadora surda, professora de Libras.
(Foto: Acervo Pessoal)

Catharine Moreira

Catharine Moreira

Dançarina, performer e poeta surda.
(Foto: Acervo Pessoal)

Amanda Lioli

Amanda Lioli

Dançarina, intérprete de Libras, contadora de histórias no grupo EbA e uma das coordenadoras do espaço cultural Comuna Sagaz.
(Foto: Acervo Pessoal)

Daniel Minchoni

Daniel Minchoni

Poeta e performer, idealizador do Menor Slam do Mundo, do Sarau do Burro e do Selo do Burro.
(Foto: Acervo Pessoal)

Data

05/04/2017 a 03/05/2017

Dias e Horários

Quartas, 19h30 às 21h30

As inscrições podem ser feitas a partir de 23 de março às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 18,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 30,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 60,00 - inteira