Atividades

4ª edição Workshop Internacional Espaços de Memória e Cultura

Conferências e Seminários
Workshop internacional Espaços de Memória e Cultura: Saúde, Patrimônio e Memória

Voltar para o início Workshop internacional Espaços de Memória e Cultura: Saúde, Patrimônio e Memória

Programa

A conscientização e eficácia da saúde pública nas políticas de saúde e dos sistemas de saúde tem sido um dos principais desafios das políticas públicas.  Nos últimos anos, os benefícios sociais e o valor público inerente às instituições culturais – particularmente no seu potencial de contribuir diretamente para as políticas de saúde pública nacional – tem despertado o interesse de governos, universidades e organizações afins.

Na medida em que os museus e organizações culturais assumem seu impacto nas sociedades contemporâneas, cresce o interesse local e internacional na capacidade dessas instituições em promover a saúde e bem estar das populações.

De fato, embora saúde e seus cuidados sejam predominantemente vistos como uma responsabilidade regional ou nacional, governantes e legisladores têm muito a aprender com os caminhos únicos e cruciais com os quais os museus envolvem as comunidades e possibilitam coesão, interação e mudanças sociais positivas.

Neste sentido, a quarta edição do Workshop Internacional Espaços de Memória e Cultura explorará o tema da saúde, especialmente enfocando o papel que o setor cultural pode ter na promoção da saúde e do bem estar social. O workshop estará centrado nos discursos interligados entre temas como patrimônio, museus, engajamento comunitário e saúde.

A semana de workshop é uma oportunidade para organizadores, participantes, palestrantes e representantes de organizações culturais e de saúde participarem coletivamente de um exame transversal  do tema. Reconhecendo as organizações culturais como agentes de mudança social, o workshop irá abordar as questões sociais relacionadas à politica de saúde, incluindo desigualdades sociais e saúde, isolamento social e saúde mental, perda da memória, deficiência e discriminação, dificuldades de aprendizagem e saúde e sexualidade.

Os participantes do workshop terão a oportunidade de analisar como as instituições culturais podem se tornar agentes ativos para a promoção da saúde. Exemplos de questões chave incluirão: como os museus podem promover e manter políticas de saúde? Como os museus podem capacitar comunidades locais para reduzir desigualdades e, ao fazê-lo, melhorar a saúde e o bem estar coletivo? Podem as práticas dirigidas à comunidade promover um melhor contato intergeracional em vista de um impacto positivo na saúde? Quais as melhores práticas ligando patrimônio e trabalho social podemos encontrar nos últimos anos? Como é a saúde abordada por museus num mundo cada vez mais global e plural?

Ao final, serão apresentadas formulações coletivas de recomendações, diretrizes e métodos de campo destinados a promover as melhores práticas eticamente responsáveis dos museus, quando se envolvem e contribuem para a promoção da saúde e políticas locais e globais.

A quarta edição do Workshop Internacional Espaços de Memória e Cultura é organizado pelo Centro de Pesquisa e Formação do Sesc São Paulo e pelo Museu da Pessoa, com consultoria do pesquisador Mathieu Viau – Courville, da Universidade de Luxemburgo.

As inscrições poderão ser feitas de 12 de abril a 21 de maio.

Os selecionado serão divulgados no dia 23 de maio e as inscrições deverão ser feitas entre 25 e 04 de junho.


O workshop acontece entre 04 a 09 de junho.

Inscrições:

Enviar para o e-mail workshop2018@cpf.sescsp.org.br os seguintes dados:
      Dados Pessoais
         • Nome Completo
         • RG ou CPF
         • Data de Nascimento
         • Endereço Residencial
         • Telefones para contato
         • E-mail
      Currículo Vitae (2 páginas)
      Carta de Motivação (1 página)
Critérios de Seleção:
•    Profissionais da área de museus, patrimônio, direitos humanos, saúde, cultura e educação; estudantes e pesquisadores de graduação e pós–graduação; ativistas e interessados no tema.

Trabalho de Campo: No decorrer do curso os alunos irão preparar um roteiro de observação de instituições culturais, relacionadas a temática, sob a coordenação pedagógica da equipe do workshop, em torno da temática. Sendo que um dos dias será destinado à pesquisa de campo.

Os alunos irão fazer as visitas, cada grupo acompanhado de um monitor.

Ao final do trabalho deverão construir uma síntese dos dados e conclusões coletadas na pesquisa que será apresentada para o grupo de alunos.

Essa apresentação acontecerá no sábado, último dia do curso.

Certificado de Conclusão: O certificado será concedido conjuntamente pelo SESC-São Paulo e Museu da Pessoa.

Somente os participantes inscritos e que completarem o curso receberão o certificado. Uma participação de 90% para todas as atividades é obrigatória. Atividades e carga de trabalho incluem workshops e exercícios de campo, juntamente com a apresentação de um projeto final em sala de aula.


Instituições Participantes:
Museu Histórico do Instituto Butantan
Museu de Arte Contemporânea (MAC-USP)
Centro de Memória Fundação Dorina Nowill para Cegos
Associação Arte Despertar
CDC Vento Leste
Biblioteca São Paulo do Parque da Juventude
Sesc São Paulo
Museu da Pessoa
Associação Viva e Deixe Viver
CAPS Itapeva - Centro de Atenção Psicossocial “Prof. Luís da Rocha Cerqueira”

Palestrantes

Karen Workman

Karen Workman

Historiadora, formada pela Universidade Federal Fluminense, com pós graduação em Linguística na Universidade Federal do Rio de Janeiro.  Fundadora e diretora- presidente do Instituto Museu da Pessoa desde 1991. Atualmente Integra o grupo de pesquisa Interdisciplinar de pós- graduação Diversitas – Humanidades, Direitos e outras legitimidades (USP -Universidade de São Paulo) e faz parte do Conselho do Center For Digital Storytelling, além de atual como colaboradora em storytelling collection do Wellbeing project.  É fellow Ashoka desde 1999 tendo sido membro do Global Fellowship Team da Ashoka entre 2004 e 2008, com foco em estratégias de ampliação do impacto social e membro da rede de empreendedores sociais da Folha-Schwab . Foi editora e co- editora de várias publicações tais como História Falada: memória, rede e mudança social (2006), Tecnologia Social de Memória (2009), Transformações Amazônicas (2010) , Todo Mundo tem uma História  para contar (2012), Quase Canções (2017) e Social Memory Tecnhology: Theory, Practice, Action (em parceria com Joanne Garde-Hansen –Warrick University - Routledge Publications House - 2016).

Danilo Santos de Miranda

Danilo Santos de Miranda

Filósofo, Cientista Social e especialista em Ação Cultural. Diretor Regional do Sesc – Serviço Social do Comércio no Estado de São Paulo. Conselheiro em diversas entidades, dentre as quais a Fundação Itaú Cultural, Fundação Padre Anchieta, Museu de Arte Moderna de São Paulo, Rede Nossa São Paulo, Conselho Nacional de Política Cultural, Conselho de Turismo e Negócios da Fecomércio, Conselho Municipal de Turismo da Cidade de São Paulo, Fórum de Educação e Cultura Contemporânea. É membro da Art for the World, com sede na Suíça.

Mathieu Viau-Courville

Mathieu Viau-Courville

Doutor em história de arte pela Universidade de East Anglia, Reino Unido. Trabalha na Universidade de Luxemburgo como coordenador de investigação. Foi pesquisador e coordenador científico do Museu da Civilização, Canadá, e pesquisador na Universidade Autónoma de Barcelona e no Museu Nacional de Arqueologia, Bolívia. É membro do conselho editorial da revista Museum International publicada pelo ICOM - Conselho Internacional de Museus.

Eurípedes Gomes Junior

Eurípedes Gomes Junior

Doutor em Museologia e Patrimônio pela UNIRIO/MAst. Museólogo do Museu Nacional de Belas Artes - IBRAM/MinC desde 2010, onde é responsável pela Seção de Esculturas. Trabalhou no Museu de Imagens do Inconsciente durante 30 anos. Membro do Conselho Municipal de Cultura do Rio de Janeiro, representando a área de Museus e Patrimônio, no período de 2012-2016. Como músico, atua como diretor musical, compositor, arranjador e maestro.

Sérgio Ishara

Sérgio Ishara

Doutor em Saúde Mental pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – USP (2007) e residência médica em psiquiatria pelo Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto - USP (1992). Atualmente é coordenador do Hospital Dia do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto - USP e coordenador-fundador dos Grupos Comunitários de Saúde Mental.
(Crédito: Acervo Pessoal)

Remon Matheus Bortolozzi

Remon Matheus Bortolozzi

Doutorando no Programa de Medicina preventiva da Faculdade de Medicina da USP, mestre em Educação pela UNB, especialista em Gênero e Sexualidade pela UERJ e graduado em Psicologia pela UFPR. Membro do Acervo Bajubá. Experiência na área de Psicologia, Sexualidade, Estudos LGBT e Educação.

Paul Thompson

Paul Thompson

Professor emérito em Sociologia da Universidade de Essex. Ele é Fundador-Edior da Oral History e Fundador da National Life Stories na British Library. É um pioneiro da história oral na Europa e autor do clássico internacional A voz do passado (4º edição publicada em 2017). Seus outros livros incluem The Edwardians,  Living the Fishing, I Don’t Feel Old, e The Work of William Morris. Ainda, é co-autor de Growing Up in Stepfamilies, de The Myths We Live By, com  Raphael Samuel, e Pathways to Social Class, com Daniel Bertaux. Atualmente, coleta historias com os pioneiros da pesquisa social e com a comunidade de artistas.

(Crédito: Share Alike)

Jair de Souza Moreira Junior

Jair de Souza Moreira Junior

Possui graduação em Odontologia, Mestrado e Doutorado em Ciências Odontológicas (área de concentração: Odontologia Social) pela Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo - FOUSP. Atualmente é Assistente da Gerência de Saúde e Alimentação no Serviço Social do Comércio do Estado de São Paulo. Tem experiência na área de saúde coletiva, atuando principalmente nas áreas de odontologia, educação em saúde e gestão.
(Foto: Acervo Pessoal)

Data

04/06/2018 a 09/06/2018

Dias e Horários

Segunda a Sábado, 10h às 18h30.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 36,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 60,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 120,00 - inteira